Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


14.5.11

Mail 019

Olá,

Ontem, reencaminhada por um blogue de um amigo entrei no teu blogue.
Muito engraçado, um Casanova da era virtual.

Mexeu comigo em virtude das experiências que tenho passado:

Saí recentemente de um casamento morno e prolongado, precisamente porque queria que a mnha vida deixasse de ser morna.

Só a partir daí comecei a conhecer outros homens - pela internet - não podemos fazer este recrutamento no nosso meio profissional.
Como estive "afastada" uns anos achei que os homens tinham mudado, estariam mais descomprometidos, mais descomplicados. Nada disso!

Com os homens com quem me apetece estar (porque 90% dos homens com quem falamos na internet, depois de os conhecer presencialmente, não me despertam nenhum desejo) tenho de ter cuidado para não me mostrar muito fácil e, uma vez na cama, fingir que não gosto muito de sexo.
Claro que os homens adoram mulheres que gostam de sexo, mas ... no dia seguinte reflectem: se gostou comigo, gosta com outros, quantos homens já terá tido, blá, blá, blá ...

Depois na cama descontrolam-se, ficam infantilizados, pensam que estão com a mãe, fazem confidências do género: desde que te vi fiquei doido, só pensava em vir para a cama contigo, és a melhor mulher com quem estive, nunca estive com uma mulher como tu ... e naturalmente, no dia a seguir, pensam no que disseram, ficam arrependidos ....

Com homens mais novos tem sido bem pior: sexo rápido, com pouca imaginação, egoísmo, deslumbram-se com tudo, não fazem nada ...
Enfim, estou desiludida.

É por isso que o teu blogue foi para mim um oásis no deserto.
Mereces a minha admiração, porque descomplicas, respeitas as mulheres, fazes do prazer delas o teu e, principalmente (mantendo obviamente o anonimato) expões as tuas experiências e com isso ajudas muitas pessoas.

JS

Sem comentários: