Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


7.9.11

D040 Fotos das férias

Conforme prometido, aqui estou eu a publicar algumas fotos das minhas férias. Como poderão constatar, foram umas férias atribuladas e cansativas.

Vai um homem de férias para descansar e passa o tempo todo a nadar, fotografar, comer e foder. Com problemas graves para resolver, como decidir se ir para a água com barbatanas ou sem elas. Se levar a máquina subaquática ou não, que objectiva usar, se acompanhar as refeições com cerveja, vinho ou caipirinha.

Todos os dias de manhã era um suplício, ao acordar com uma boazona toda nua de cada lado, e não saber por onde começar. Ter a preocupação de ser o primeiro a acordar, sob pena de abrir os olhos, e já estarem elas engalfinhadas uma na outra, ou pior ainda, acordar com uma a mamar-me no caralho e a outra a esfregar-me a cona na boca. Enfim, homem sofre.

Vocês podem pensar que é fácil, mas ter duas bocas gulosas, duas conas gostosas, e dois cus deliciosos à disposição 24 horas por dia, não é coisa fácil de gerir, porque um gajo nunca sabe para onde se há-de vir. Arranjei uma estratégia que me dava algum descanso e facilitava a vida nas manhãs, que era comer uma enquanto a outra tomava duche, e depois trocar. Assim reduzia as opções para metade, e as decisões eram mais fáceis de tomar.

Nas noites não tinha essa sorte, tinha mesmo que ser tudo ao molho e fé em deus, o que dificultava muito, conseguir não me vir. Vocês podem estar a rir outra vez, mas acreditem que não é fácil estar a foder uma e a lamber a cona à outra, e aguentar sem me vir, porque depois tinha que trocar. Noites de verdadeiro sacrifício.

Elas também não tinham a vida facilitada, porque também não é fácil estar a ser fodida por trás, e ter a outra por baixo a lamber-lhe o clítoris, mas como elas se vêm vezes sem conta, não tinham o meu problema de ter que estar sempre a conter-me.

Comprei o maior strapon que encontrei, para que elas se pudessem foder uma à outra e eu ter algum descanso mas depois de experimentarem, e para meu azar, decidiram que gostavam mais de levar com o meu gostoso que era mais grosso, quentinho e macio e o strapon foi para dentro da caixa. Enfim, tudo a correr mal.

Foram umas férias cansativas, de sacrifícios, com decisões difíceis de tomar e de muita contenção. Mas vou passar às fotos para vocês perceberem o meu sofrimento. Leiam as legendas das fotos.

10 comentários:

O Rapaz! disse...

lool

a maneira como descreveste as coisas... parece que estiveste a a fazer uma tarefa impossível durante as férias

xarmus disse...

Impossivel não diria, mas que foram cansativas e me obrigaram a grande concentração na tomada de decisões bem dificeis... lá isso foram.

Abraço

Anónimo disse...

Meu Doce!


Só me resta dizer ....."Cada um tem aquilo que merece".....Ahahahahahahah!!!

Beijos

Milu

(not yet Boss) AC disse...

Isto é só gozar com os pobres! :p

xarmus disse...

Olá Milú... beijocas boas

xarmus disse...

Olá (not yet Boss)

Quando estava a publicar o texto, também pensei isso, mas acredita que é tudo relativo. Senti-me tão pobrezinho a ver aquelas casas, iates e carros... jasus. Montes de gente que não faz nada na vida, que vive de rendimentos, e que as unicas preocupações são se mandam servir a lagosta suada na piscina interior ou na exterior. Se vão passar a noite ao iate ou se vão até ao casino gastar uns milhares de euros... enfim. é mesmo tudo relativo.

Abraço

Simone butterfly disse...

Gostei do teu blog muito criativo e interessante, estou a per(seguir) teu blog, beijos querido

The Hunter disse...

A sequência de fotos e descrição está gira!

Anónimo disse...


Coitadinho!!!
Tu bem tentas impingir o "strapon" mas não tens sorte nenhuma!!! Nem descanso!!!
hehehehehe...

Nikita

xarmus disse...

Pois é... um stapon é o meu melhor amigo nestas alturas... mas nunca tenho sorte nenhuma. Ninguém quer experimentar a merda do strapon... hehehehehehehe

Beijocas coisa boa