Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


24.5.12

Conversa 523 Maria 42 C21B

(00:32) Maria 42: o outro gajo deu-me banhada há dias, marcámos e não apareceu; deixei-o pensar que podíamos fazer sem preservativo (eu não iria fazer, a minha ideia era encontrarmo-nos e falar abertamente, ou tentar...), mas o tipo é um tarado... primeiro só queria sem; depois 'de ter' o que queria, balda-se... um anormal! e eu a perder tempo com ele... podes imaginar como fiquei... fula!!
(00:32) xarmus alterou o estado para Inativo
(00:38) Maria 42: Maria 42 está Offline
(00:40) xarmus alterou o estado para Online
(00:40) xarmus: vocês gostam 
adoram esse tipo de gajo... e por isso é que eles são assim
de facto as mulheres funcionam assim... quanto mais me bates mais gosto de ti
fica descansada que vais voltar a marcar com ele… é certinho
conheço uma de Lisboa.. que já foi 3 vezes ao Porto e levou banhada de todas as vezes
é inacreditável
mas é bom... têm o que merecem
eu é que não devia ser tão bonzinho... só me fodo
há gajos que curtem fazer das mulheres gato-sapato... e elas poem-se a jeito… adoram… ficam doidinhas pelos gajos que as tratam com desprezo e falta de respeito… nunca percebi porquê
tenho amiga que desmarcou comigo... porque lhe apareceu um gajo que tinha que ser naquele dia ou já não queria... e como eu estou sempre seguro... e o outro tinha que ser naquele dia... desmarcou comigo
foi ter com ele... e claro... apanhou um banho
e como sou bonzinho... passados uns dias lá me contou porque é que tinha desmarcado comigo
embora eu já desconfiasse...
agora anda atrás de mim outra vez... mas não me vai ter mesmo
não que eu fique chateado com ela pelo que fez... até consigo entender... mas porque não se pode pactuar com este género de coisas
senão nunca mais aprendem
há gente que não tem respeito por ninguém
e quase todas as pessoas estão sempre a tentar marcar com o melhor
se têm uma cena marcada mas aparece alguém melhor... saltam logo fora
eu sou incapaz de fazer isso
se tenho uma cena marcada... pode aparecer o maior avião do mundo.. que vai para a fila... se quiser
se não quiser vá à merda
nem sei como pudeste pensar que ia desmarcar contigo para por alguém à tua frente
mas já percebi que te deves dar com gente rasca mesmo
e pensas que são todos iguais
é pena ainda não me conheceres... e não teres confiança em mim... nem desfrutares disso
e nem falo por mim... era mesmo por ti
porque eu tenho quem desfrute de mim em pleno
e cada um tem o que merece
(11:18) Maria 42: Tens muita razão, excepto no ‘adoram esse tipo de gajo’; explicar pq é q uma mulher se deixa ir nas tretas desses gajos é complicado; estou farta de dar voltas à cabeça; 
acho que tem a ver com o que te disse noutro dia, essa necessidade ‘estúpida’ que uma pessoa tem de ser amada nem que seja por um cão;
um tipo põe-se com tretas desse género, e uma mulher, em vez de se acautelar e o mandar à merda, põe-se a sonhar; 
depois vê-se metida nestas situações e é bem feito, de facto mereceu, para aprender a não ser parva (e sonhadora…)
mea culpa
mas já troquei com aquele tipo msn deliciosos; não fodi com ele, mas consegui deixá-lo fodido com as coisas q escrevi, como sabes tem um ‘pequeno’ problema de erecção, e eu atirei-lhe com isso com toda a crueldade de q fui capaz
por pouco não fiquei com pena dele Lol
Andar com gente rasca… sim, este era bem rasca, como ficou provado; não me cruzei com mais nenhum até agora, mas não estou livre…
Qt a pensar q podias desmarcar cmg para pôr alguém à frente, é mm meu; a minha insegurança e baixa auto-estima estão sempre a fazer-me pensar coisas desse género…
portanto, tem mais a ver com a falta de confiança em mim do que com a falta de confiança em ti
E perante a ideia de que podias desmarcar no pp dia (ou pq estivesses pior, ou pq tinhas outra na mira), preferi ‘adiantar-me’, pq achei que por agora já chegava…
já tinha tido a minha conta…
ok, fiz merda…
Mil desculpas e mil obrigadas…
Beijo
PS: pensando bem, não é de todo mau que isto tenha acontecido; espero ter ficado vacinada contra estas merdas, e sem necessidade de dose de reforço... (espero...)
(12:14) xarmus: mas não fiques triste delicia... tenho a certeza que ele vai voltar... e que tu o vais receber de braços abertos
é certinho
aposto contigo uma sessão de castigos... que bem mereces
não te preocupes que ainda tens muito que sofrer com esse gajo
isto é só o inicio… heheheheheheh
quando duas pessoas como vocês (um que gosta de fazer sofrer, e outra que gosta de sofrer) se encontram... resultam em relacionamentos prolongados de muito prazer e sofrimento. A não ser que ele desista.
ele vai fazendo isso a outras também... mas como nem todas estão dispostas a isso... vai continuar a seduzir-te... vais ver
depois me dirás
se quiseres... podes trocar (um que gosta de fazer sofrer, e outra que gosta de sofrer) por... (um que gosta de sonhar e outro que gosta e enganar)... é mais ou menos a mesma coisa
Beijo

15 comentários:

T* disse...

Tu tens uma certa razão quando dizes que há mulheres que gostam de sofrer, gostam de badboys.
Já fui assim mas estou a tentar mudar, até pensava que era um problema da idade(afinal só tenho 28 anos), mas parece que não, é geral. Isto quer dizer que estou fodida, ainda tenho muito que aprender.

P.S.:Gabo-te a paciência quase infinita que tens com as mulheres, dá para perceber que gostas mesmo de mulheres de uma forma muito genuína.

Beijos

Anónimo disse...

Tive que ler duas vezes para ter a certeza que estava a perceber bem .... acho incrível como duas pessoas adultas se enganam mutuamente. Se não faz a menor intenção de se encontrar com a sua amiga, qual a razão de marcar os encontros?!Eu tenho uma frase que ilustra um pouco estas situações - "Os homens mentem e as mulheres fingem" :)
Acrescento que as suas conversas são uma excelente fonte para uma tese de doutoramento na área da sexualidade. Muito boas mesmo!Continue, estou a gostar.
Isabel

Anónimo disse...

Eu quando li a conversa relativa a esse sujeito, fiquei um bocadinho surpreendida como é que uma mulher, que conhece um homem nas circunstâncias que conhece, pondera não usar preservativo só porque lhe apetece a ele. Isto para mim é algo muito inconsequente e fico a pensar que, nada tem a ver com o número de parceiros que se tem e os anos que se fode. Isto tem a ver é com deslumbramento só pode.
Não compreendo também é, se à partida ele queria fazer dessa forma, sem preservativo, como é que ela acha que ele iria entrar no joguinho dela de “vou fingir que quero assim mas ainda o vou convencer”?..Também vejo as coisas de outra forma, ele propor algo assim poderia simplesmente estar a testá-la.
Não sei como as pessoas são tão distraídas e não entendem os sinais. E o pior é, não ouvem o que os outros lhes dizem.
Sinceramente tudo aquilo que disseste é bem verdade. Esta história das mulheres gostarem de quem lhes trata mal, é de facto muito geral, mas também acho que somos todos um pouco assim, temos todos a tendência para o masoquismo. Parece que arranjamos motivos para sofrer.
De certa forma, pessoas assim conseguem dar a volta, entendem os nossos pontos fracos, massajam o nosso ego e fazem-nos sentir importantes. Facto é, que se não se for de certa forma desconfiada, é muito fácil levar esse tipo de “banhos”. Lá está, esta procura por segurança no outro é uma coisa que a mim me transcende um pouco, tendo em conta que esta confiança toda, esta segurança toda começa em nós mesmos. É, a falta de amor próprio e o anular-se constantemente, leva a essas atitudes.
Mas enfim, esta é a minha forma de ver as coisas.. LOL

Beijinhos
Rakel*

Shiny_Smile disse...

Brutalidade de resposta ...
E não é que tem toda a razão???
Parabens...

xarmus disse...

Não sei se repararam, esta conversa é a segunda parte da conversa que começou no post anterior (Conversa 521 Maria 42 C21A). Quando as conversas têm o mesmo numero de ordem e acabam numa letra, é porque são a mesma conversa.

xarmus disse...

Olá T*

Há uma certa tendência para não gostarem do que parece ou é fácil... e preferirem o que dá luta ou é inacessível.

Como digo numa das minhas reflexões, não preciso desses joguinhos para ter prazer no sexo. Sexo para mim é mesmo na cama. (R008 Fáceis ou difíceis)

Para outras pessoas... também faz parte do sexo, os joguinhos antes. Mas acho que é um paradigma, muitas pessoas dizerem que gostam do que dá luta... do que é difícil.

Obrigado pelo teu comentário... Beijo

xarmus disse...

Olá Isabel

Adultos a enganarem-se é o que há mais por aí... mais do que as crianças ou adolescentes.

Ele não marcou com intenção de não ir... ele marcou com várias e foi ter com aquela que lhe apeteceu e cagou nas outras. Ou apareceu-lhe uma à ultima da hora que lhe interessou mais.

Muitas vezes marcam para terem um plano B. Se falhar com a que está combinado... vão ter com a do plano B. Se aparecer... deixam o plano B à seca. É uma vergonha. Mas estes gajo são assim... porque as mulheres continuam a gostar deles assim... e a pactuar com isto.

A ideia do blog é mesmo essa... ajudar e ensinar quem entra nestas andanças e perceber como as coisas acontecem... partilhando a minha experiência.

Obrigado pelo tua participação

Beijo

xarmus disse...

Olá Rakel*

Também lhe disse isso de ele poder estar a testá-la, mas não me pareceu.

Também lhe dei uma ideia gira... que era ela dizer-lhe que não podia fazer com ele sem preservativo... porque tinha tido uma relação desprotegida, e ver como ele reagia a isso. Se ele quisesse mesmo assim... era prova que ele não era de confiança mesmo. Se ele dissesse que nesse caso não queria... sempre era bom sinal. mas para se perceber bem isto tudo, tem que se ler outras conversas com a Maria 42, porque essa historia do gajo querer foder sem preservativo já vem de outras conversas.

Obrigado pelo teu comentario.

Beijocas boas

xarmus disse...

Obrigado Shiny_Smile... são muitos anos a virar frangos... hehehehehe.

Anónimo disse...

Isso de ter um plano B, na cabeça de muita gente até pode fazer sentido. Mas que é errado é, mas isto sou eu que aparentemente não vivo na mesma realidade. Acho que precisa de colocar um pouco de juízo na cabeça da sua amiga Maria, há outras formas de "conduzir" as situações.
Beijinhos
Isabel

Anónimo disse...

Esta história da Maria 42 tem pano para mangas, ha tanta coisa que se pode discutir aqui.
Eu acho que a historia dos bad boys é verdade para algumas mulheres, eu tenho amigas assim, não sei porquê, talvez seja aquela historia do sindroma do amor gay, em que volta e meia uma mulher apaixona-se pelo colega gay com a experança de o fazer mudar só por ela. Talvez com os bad boys seja a mesma coisa, muitas mulheres querem muda-los, "quebra-los" sentir que; ahhh ele com as outras era assim , mas comigo é diferente.
Pessoalmente nunca gostei de bad boys, gosto de gente boa, pessoas com bom caracter. E tambem associo bad boys a homens com falta de auto estima, e para auto estima a precisar de estimulos basta a minha e nao trato ninguem mal por causa disso.

ps: Eu nao acho nada que tu te lixas em ser claro e bem educado com as mulheres pelo contrario, tu tens as mulheres que queres.
E pelo que me parece grande parte desses homens que que faz esses jogos de sedução manhosos online (estilo nao querer preservativo, declaraçoes de amor e afins) grande parte deles nao quer comer as mulheres , eles querem saber que podem-nas comer, aumentar o seu ego tendo as mulheres na mão , porque se as quisesem comer, nem necessitavam de tanta conversa e obviamente que apareciam nos encontros.
E o poder que têm sobre elas que os alimenta .

um beijo grande ao xarmus, claro : )e ao resto das meninas que comentam o blog
Julia

xarmus disse...

Olá Isabel

Este mundo está uma selva mesmo. São poucas as pessoas que têm carácter. A maior parte dos homens que andam nestas andanças não têm o mínimo de respeito por ninguém e são muito egoístas.

A minha amiga Maria é uma mulher inteligente, o problema dela é que tem pouca experiência nestas coisas da net e é um pouco ingénua, mas depois de conversar comigo numa conversa mais antiga (Conversa 501 Maria 42 C19A) acho que percebeu que não devia ter sexo com ele sem preservativo.

O problema é que estes gajos têm muita experiência nestas coisas, e sabem bem como cativar certas mulheres, fazendo-se difíceis e desprezando-as, o que faz com que elas fiquem mais interessadas neles.

O truque é ter muitas alternativas, e não lhes custa descartarem-se de umas quantas porque há sempre muitas opções. Ou seja, assim são desligados de toda a gente, e ao mesmo tempo criam interesse naquelas que gostam de ser maltratadas e desprezadas. Quando percebem que funciona com determinada mulher, continuam a despreza-las. As que não vão na conversa, também não lhes fazem falta porque têm mais 10 na lista de espera.

Triste é que as mulheres alimentem este tipo de atitude, e assim eles continuem a enganar e a traumatizar quem se cruza no seu caminho.

Beijinhos

xarmus disse...

Eu gosto de ser como sou, e nem assim pelos outros, mas por mim. Agora, é um facto que perco oportunidades e passam-me à frente este tipo de gajos. Lê a história (H004 Mentiras perigosas).

A minha sinceridade e transparência, faz com que as mulheres prefiram um homem que se mostra disponível para ter um relacionamento sério com elas, do que a mim, que sou uma boa queca mas do qual não podem esperar mais do que isso.

O que é injusto, é que os outros que se mostram disponíveis para um relacionamento sério, também não o querem. Mas com este engodo, passam a ser prioritários para elas, acabam com a concorrência, exigem fidelidade, usam e abusam delas à sua vontade, e conseguem delas coisas que os sinceros não conseguem. Ou seja, nestes casos é premiada a mentira e a falsidade.
Por isso muitos homens continuam a ser assim.

Eu penso que as mulheres deviam ter uma atitude mais pedagógica em relação a estes gajos. Continuar a premiá-los é fazer com que eles continuem a magoar e traumatizar as mulheres.

Anónimo disse...

Olá a todos,

Para começar, gostei de ver partilhado este meu episódio e ler os comentários. Há muitas maneiras diferentes de interpretar as coisas, e é bom conhecer outras perspectivas.

Sobre o gajo… Bem, saímos algumas vezes e quando a situação se preparava para ficar ‘mais quente’, surgiu a questão do preservativo… ora, porque é que ele só queria sem? e como é que eu não o mandei à merda e ponderei fazer sem? e porque é que marquei um encontro mesmo depois da insistência dele em não usar? (de que resultou a banhada…)

Como o Xarmus na altura me disse, provavelmente o gajo não consegue fazer com… é possível que tenha sérias dificuldades em usar… e quando isso acontece é difícil a um homem admitir… e não deve ser nada fácil lidar com o problema… é pois possível que toda a conversa dele, ‘puxada ao sentimento’, fosse afinal uma estratégia ‘de sobrevivência’, chamemos-lhe assim…

Não mandei o gajo à merda logo no início porque me permiti iludir um bocadinho, confesso… (mas quem é que, em algum momento, não precisou… não desejou mesmo… certas ilusões?) Um poeta muito conhecido lamentava-se, de uma forma maravilhosa, por todos os seus amigos, todos os seus conhecidos, serem absolutamente perfeitos; entre a imensidão das coisas perfeitas e magníficas que faziam (e só faziam coisas magníficas e perfeitas…) nunca se deixavam enganar; o poema termina da seguinte maneira (se a memória não me trai): Estou farto de deuses! Onde é que há homens neste mundo?
Pois… Acontece que todos nós, por mais armados em deuses que andemos, não passamos de meros seres humanos, homens e mulheres com fraquezas, fragilidades, necessidades, sonhos… Numa palavra, ‘imperfeições’…

Não mandei o mandei à merda mais tarde porque entretanto havia surgido a hipótese de ele não conseguir fazer com preservativo, e como para mim um homem não é um piço, mas sim uma pessoa, quis falar com ele sobre isso… e tentei criar uma oportunidade… o tal encontro em que o gajo se baldou… Neste ponto, acho que o Xarmus não tem razão quando diz que o gajo se baldou porque foi ter com outra; esta é uma forma um bocado estereotipada de ver as coisas… tenho quase a certeza de que ele se baldou porque não foi capaz de aparecer… esquivou-se a ser confrontado com o seu problema… Nas mensagens que mais tarde troquei com ele, fiz questão de pôr o ‘dedo na ferida’ e a reacção dele mostrou que lhe doeu…

A ideia que aqui acabou por passar, de que esta mulher gosta de sofrer (ou sonhar) e aquele homem gosta de fazer sofrer (ou enganar), afasta-se do que de facto se passou…Um homem com certos problemas e uma mulher com certas ‘imperfeições’ cruzaram-se… e isto é algo mais complexo e também mais rico do que o redutor e estereotipado ‘eles gostam de mentir; elas gostam de ser enganadas’… e não, isto não é ingenuidade… é antes olhar para as coisas para lá da superfície delas…

‘Ca ganda’ (!!) comment!! Lol
Xarmus, ainda impões um limite de palavras! E fazes muita bem, quisto aqui não é pra escrever dissertações! Eheheheh

Beijos meu querido
Maria42

xarmus disse...

Olá Maria

Obrigado por me deixares publicar as nossas conversas e contribuíres assim para o objectivo do blog.

Em relação à "estratégia de sobrevivência" tens toda a razão, mas sempre que isso acontecer, quer dizer que eles não têm sexo com... têm sempre sem, com toda a gente... porque não conseguem fazer de outra maneira.

Se ele tem um problema de erecção, até acredito que tenhas razão. De qualquer modo, como não conheço o gajo, quando disse que ele poderia ter ido ter com outra, ou seres um plano B, é evidente que estava a generalizar. Poderia não ser o caso dele, mas é o que acontece em 90% dos casos, e quis mostrar a quem nos lê, que é assim que as coisas funcionam normalmente.

Quando digo que certas mulheres gostam de sofrer, é claro que estou a ser sarcástico. É evidente que quando digo isso, quero dizer que as mulheres põem-se demasiado a jeito, e sentem-se atraídas por este tipo de gajo, seja porque dá luta, seja porque ficam "danadas" com o desprezo que eles demonstram por elas, ou seja lá pelo que for. Mas esta minha ideia até foi comprovada aqui por algumas leitoras e na primeira pessoa.

Para além disso, eu conheço muitas mulheres que gostam deste tipo de relacionamentos complicados e difíceis. Se for uma coisa simples, directa e sincera, não se sentem motivadas. Há pessoas que só respondem a estímulos negativos.

às vezes, tenho mulheres que me adicionam ao seu msn, e sempre que tento meter conversa pela primeira vez, deixar um olá ou uma flor, nunca tenho resposta. Estão a fazer-se de difíceis, acham que assim despertam o interesse ao homem, e é a forma como elas se sentem motivadas também.

Mas se em vez de ser sempre simpático, eu começar a agredir e a picar de forma negativa, a resposta vem na hora. Já experimentei isso muitas dezenas de vezes.

eu sei que as relações entre as pessoas são complexas e que é tudo muito relativo, e é claro que não tenho informação, nem conheço a peça em questão para poder dar uma opinião avalizada. Limito-me a falar de forma generalizada pela experiência que tenho.

Quanto ao comprimento dos comentários... estás à vontade. Aqui não há censuras, nem de conteúdo nem de quantidade.

Uma beijoca boa minha querida, e obrigado por comentares.