Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


23.5.12

Foto 493


24 comentários:

Luís Coelho disse...

Dizer o quê e para quê....?
São todas iguais com mais ou menos cabelos.
Todas servem para o mesmo.

xarmus disse...

Olá Luís Coelho...

Desculpa lá mas não concordo mesmo nada contigo. Cada mulher e cada cona é um mundo... único. Não há duas iguais.

... e apesar de servirem (as conas) quase todas para o mesmo, despertam-me emoções e sensações bem diferentes, e formas bem diferentes de as saborear.

Eu não vejo uma cona como uma entidade separada do resto do corpo e do ser de que faz parte.

Cada cona é parte integrante de um corpo, e esse corpo é parte integrante de um ser bem complexo, com todas as características físicas e emocionais, especificas de cada uma, que as tornam incomparavelmente únicas.

Saborear uma mulher no seu todo, conhecer a sua mente e explorar o seu corpo, é um prazer único. Se fossem todas iguais, bastava conhecer uma.

Quantas mais mulheres conheço, mais aprecio a singularidade de cada uma.

Claro que eu sou suspeito, porque sou um verdadeiro apreciador de mulheres.

Abraço

Anónimo disse...

Amei o teu comentário :)
Se já não soubesse como nos tratas tão bem (maravilhosamente) e às nossas coninhas, teria ficado sem quaisquer dúvidas.

hummm saudades tuas...

Anónimo disse...

E pronto, por isso é que mereces usufruir de várias conas...:P

Rakel*

xarmus disse...

Obrigado minha querida... apesar de não saber quem és (esqueceste-te de assinar), dá para perceber que já trocámos prazer.

... e se tens saudades minhas, provavelmente também tenho tuas... hehehehehehe.

Beijos gulosos, distribuídos democraticamente por esse corpinho todo.

xarmus disse...

Olá Rakel*

Também acho... hehehehehehe
(esfregar as mãozinhas).

E elas...(as conas e as donas) adoram-me... provavelmente... mereço mesmo.

Beijoca boa minha querida

Anónimo disse...

Esqueci-me de assinar!

Beijo
Zoey :)

AC disse...

Adorei o teu comentário. E percebo agora melhor o teu grande sucesso com as mulheres, porque quem as interpreta assim, quem lida com elas como se fossem seres únicos, especiais, fantásticos...merece de certeza todas as mulheres que já teve.

xarmus disse...

Olá Zoey... desculpa lá, mas como não assinaste não podia fazer ideia de quem eras... mas gostei muito do teu comentário.

... e apesar de te ter dado muito prazer, acho que temos margem para melhorar.

Beijocas gulosas minha querida.

xarmus disse...

Olá AC... obrigado. Pelo menos sei apreciá-las com respeito, e dar-lhes todo o prazer que me é possivel.

Anónimo disse...

E depois há homens que ainda se queixam q não têm mulheres e nem percebem porquê.......porque são umas bestas (desculpa Luís mas teve que ser)!!

Hoje n estou com paciência para tanta ignorância!

Beijos

Milu

xarmus disse...

Olá Milu querida... estás à vontade... isto é uma espaço aberto e sem censura. Deves sempre dizer o que te vai na alma.

O Luís Coelho, tem um blog onde conta umas historias bem giras, e tem montes de comentarios. O blog dele não tem nada a ver com sexo, mas é giro de se ler.

Mas acho que de mulheres... percebe pouco, ou pelo menos não tanto como eu, e é natural que tenha esta ideia. Se comesse umas centenas, via que elas são todas diferentes.

Beijocas para ti minha querida

Anónimo disse...

Este senhor nunca fodeu com uma mulher; foi sempre e só com buracos… é pena. Se os buracos das fechaduras fossem um bocadito maiores, provavelmente também serviam…

Como eu sou uma gaja porreira, deixo-lhe uma sugestão: http://realdoll.com/

Enquanto fode ‘estas mulheres’, as ‘outras’, as verdadeiras, ficam livres dele…

Assim, ficamos todos satisfeitos!

Beijos Xarmus,
Maria42

Anónimo disse...

Coitado, passar pela vida sem emoções, só despeja os tomates, claro. Que merdinha de vida.

Rita

xarmus disse...

Jasus Maria... caiu-te mal...

xarmus disse...

Bem... vocês não estão pelos ajustes...

Anónimo disse...

Jasus Maria?! Lol
Isto parece uma prece; estás a rezar para me apanhar ou quê? (Já vou ser castigada pelo atrevimento... Eheheheh)

Pois aquilo que aquele senhor escreveu não me caiu lá muito bem não. Mas olha lá, não és tu que dizes que as mulheres deviam ter uma atitude pedagógica com certos homens? Pois então... Bom mesmo era que o senhor me respondesse... isso é que dava pica... e oportunidade de praticar pedagogia...

Beijos querido
Maria42

xarmus disse...

Olá Maria

Pois... do castigozinho não te safas. (esfregar as mãozinhas).

Eu digo que as mulheres devem ter uma atitude pedagógica quando encontram predadores sem escrúpulos. Que não devem pactuar com gajos que pregam banhos descaradamente mal intencionados. Ele podia ter avisado que não podia comparecer ao encontro. Simplesmente não aparecer denota uma falta de respeito pelos outros, e para mim, era cartão vermelho directo. Cada vez que uma mulher me falta a um encontro sem avisar, nunca mais volta a falar comigo.

Em relação ao Luís Coelho, eu também tive uma atitude pedagógica sem queimar o gajo em praça publica. Se fosse mulher talvez me sentisse mais indignado. Tudo bem, isto é um espaço livre, e cada um deve dizer o que lhe vai na alma.

Ainda em relação ao Luís Coelho, ele teve de facto um comentário infeliz, mas não me parece que ele seja um machista convicto. Penso que será um homem com muito pouca experiência em diversidade no que toca a mulheres, e apenas isso.

Beijocas boas minha querida.
(mas vais ser castigada na mesma)

Anónimo disse...

Bom ainda n entendi porque estão a crucificar o homem. Teve realmente um comentário infeliz, mas lá está, ele se pensa assim e é literalmente azar o dele. LOL
E acho que a parte pedagógica até já foi bem dita e foi pela resposta do xarmus. Quanto a isso ser um sinal de machismo, acho um bocadinho exagerado.. mas pronto, são opiniões.
E quanto a mulher ter uma atitude pedagógica em relação aos homens, achei interessante, e ocorreu-me que realmente ser submissa só na cama não é mesmo? Pois claro.. eheh

Rakel*

xarmus disse...

Olá Rakel*

Claro... submissa só na cama mesmo... e com quem merece. Para uma mulher ser submissa a um homem, também é preciso que ele saiba o que está a fazer, e se lembre que ela também gosta de ter prazer.

Muitas mulheres são activas e dominadoras na cama, porque é a única forma de conseguirem ter prazer. Se não fizerem pela vida, servem apenas de recipiente de descarga.

Beijocas boas

Anónimo disse...

Olá,

Há um ditado popular que diz: "quem diz o que quer, ouve o que não quer".

Adaptando para aqui, podia ficar: "quem escreve o que quer na praça pública, lê o que não quer na praça pública".

Por outras palavras, não acho que eu tenha sido inadequada ou sequer excessiva com o senhor que sofre de SIDB (Síndrome da Incapacidade de Distinguir Buracos) (e ela a dar-lhe!!! Eheheheheheh)

Quem escreve um coisa daquelas, está mesmo a pedi-las...

Beijos
Maria42

Anónimo disse...

Uhm, nem foi dito que foi inadequado. foi dito a minha opinião :)
Também há um ditado que se diz, de enfia a carapuça a quem lhe serve Lolol

Alexandra disse...

Olá borracho, já te sigo algum tempo já comentei algo mas com outro nome não me recordo agora. Mas não queria deixar em branco que é graça a broncos com esse que diz que conas são todas iguais que a maior parte das mulheres não se sentem satisfeitas sexualmente. Mas são opiniões. E eu deixo a minha aqui!
Bjs

xarmus disse...

Olá Xaninha... pois, foi um comentário infeliz. Mas já se fartou de levar nas orelhas... Hehehehehe