Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


20.1.13

Conversa 763 Casal Cátia 36 Miguel 38 C01B


(Continuação da conversa 761)

(23:15) Casal Cátia 36 Miguel 38: fazemos assim... enfias como quiseres, mas depois esgota-me
(23:15) xarmus: claro que te esgoto... e dou-te uma carga de porrada
(23:16) Casal Cátia 36 Miguel 38: tens alguma fantasia que quisesses realizar e nunca nenhuma tenha deixado ?
(23:16) xarmus: vais ser violada como deve ser
(23:16) Casal Cátia 36 Miguel 38: oh sim isso adoro
(23:16) xarmus: acho que contigo consigo fazer tudo o que quero e gosto... não me falta nada
(23:16) Casal Cátia 36 Miguel 38: adorava que me desses uma carga de cinturadas neste meu rabinho durante 15 minutos antes de começarmos
Meteres-mo bem vermelhinho e sensivel
(23:17) xarmus: ok.. para te amaciar... adoro a ideia
(23:17) Casal Cátia 36 Miguel 38: ui o Miguel entao ia amar
(23:17) xarmus: eu às vezes não faço mais porque não sei se estou a exagerar… não te quero magoar demasiado
E não é fácil estar a bater numa mulher com força com o marido a ver
(23:17) Casal Cátia 36 Miguel 38: mas so no rabinho esta bem ?
(23:17) xarmus: mas falar disto é bom... para eu ter uma noção
ok
ponho-te a mamar...  e tens que o enfiar na garganta... e vais apanhando... para o engolires todo
(23:18) Casal Cátia 36 Miguel 38: se exagerares, por muito que eu te peça para aparares… não páras… só se eu disser a palavra mágica
esse é o jogo andar no limite adoro isso
(23:19) xarmus: sim... entendo
(23:19) Casal Cátia 36 Miguel 38: achas-me uma depravada ?
(23:19) xarmus: tenho que beber álcool antes... fico mais bruto... e mais depravado
(23:19) Casal Cátia 36 Miguel 38: bebe!
(23:19) xarmus: eu acho que és uma depravada deliciosa
o sonho de qualquer homem
e és tão linda e tão boa que até doi bater-te
(23:20) Casal Cátia 36 Miguel 38: ainda bem
hoje vou foder com o Miguel a sonhar contigo
(23:20) xarmus: mas devemos falar mais vezes... para eu ir tendo a noção do que gostas mesmo, e até onde posso ir
(23:20) Casal Cátia 36 Miguel 38: a sonhar com esse pauzão
eu amarrada de barriga para baixo
e tu a violares-me o cu
(23:21) xarmus: ui ui.. que delicia
(23:21) Casal Cátia 36 Miguel 38: meu deus vou-me vir tanto tanto cabrão
(23:21) xarmus: levas umas cinturadas bem boas antes... amarrada
e depois és barbaramente enrabada
(23:22) Casal Cátia 36 Miguel 38: sim por favor... sonho com isso desde que vi aquelas amarras
oh sim meu senhor, faz-me isso e terás-me sempre a tua disposição
(23:22) xarmus: temos que combinar um dia logo no inicio de janeiro
(23:22) Casal Cátia 36 Miguel 38: o Miguel diz que eu estou com cara de foda lol
o gajo é rato
manda-te um abraço e bom natal
(23:23) xarmus: manda-lhe um a ele também
(23:23) Casal Cátia 36 Miguel 38: ja mandei
(23:23) xarmus: é um porreiraço... gosto do gajo
(23:23) Casal Cátia 36 Miguel 38: é o meu fofo
unico !
(23:23) xarmus: podes crer...
(23:23) Casal Cátia 36 Miguel 38: faz tudo o que peço
adoro aquele homem
(23:24) xarmus: é um querido para ti... podes crer
então parece que vamos curtir que nem uns pretos no inicio de janeiro
(23:25) Casal Cátia 36 Miguel 38: ele sabe que tu me das orgasmos maiores que os dele por isso deixa que eu esteja contigo
(23:25) xarmus: não se esqueçam de levar o vosso cinto… é mais grosso e largo que o meu
(23:25) Casal Cátia 36 Miguel 38: vamos sim
sim meu senhor
tenho um vibrador com o tamanho mais ou menos da tua pila
(23:26) xarmus: vais ser abusada à grande minha puta
(23:26) Casal Cátia 36 Miguel 38: queres que eu leve para me quando violares o rabinho eu o tenha toda na coninha ?
(23:27) xarmus: e ao fim vais ter que me fazer um ganda broxe... sozinha... e se demorar muito a vir-me... vais apahando com o cinto nas nadegas até ma fazeres vir na tua boca… e se entornares alguma pinguinha apanhas mais
(23:27) Casal Cátia 36 Miguel 38: sim meu senhor
(23:27) xarmus: leva... na boa
(23:27) Casal Cátia 36 Miguel 38: quantas vezes te queres vir ? 2 ?
(23:27) xarmus: não imaginas como estou com o caralhão... parece que vai explodir... que tesão
se conseguires... mas não é fácil vir-me duas vezes seguidas
(23:28) xarmus: mas vais apanhando enquanto não me fizeres vir uma segunda vez… hehehehehehe
(esfregar as mãozinhas)
(23:28) Casal Cátia 36 Miguel 38: adorava senti-lo agora a entrar....
(23:28) xarmus: está mesmo grosso.... rijo que nem uma pedra
(23:28) Casal Cátia 36 Miguel 38: se queres te vir 2 vezes tens que me fazer vir 10... consegues ?
mamava-te agora até explodires na minha boca
(23:29) xarmus: claro que consigo… na boa
podes crer que me esporrava todo agora nessa boca boa
(23:29) Casal Cátia 36 Miguel 38: quando eu te disser n pares ... acelera que eu estou por pouco
fica combinado ?
(23:36) xarmus: ok
(23:36) Casal Cátia 36 Miguel 38: violas-me na proxima vez ?
(23:36) xarmus: preferes vir-te a levar na cona ou no cu?
(23:36) Casal Cátia 36 Miguel 38: concretizas a fantasia nesses moldes ?
(23:36) xarmus: claro que violo minha puta depravada
sim... na boa… vais ter que pagar os 5.000 euros com o corpinho
(23:31) Casal Cátia 36 Miguel 38: das duas... tu tens uma maneira especial de me fazer vir em cada uma por isso quero as duas... alternadamente
das-me um enxerto de porrada ?
mas só no rabinho esta bem ?
(23:31) xarmus: dou.. claro
(23:31) Casal Cátia 36 Miguel 38: costas, pernas, braços e cara não está bem ?
(23:31) xarmus: ok... da ultima vez levaste umas quantas pelo corpo e gostaste
(23:38) Casal Cátia 36 Miguel 38: obrigas-me a chorar muito para o meu maridão me ver ?
Gosto… mas não me convem ficar marcada nas pernas e nos braços
(23:38) xarmus: sim... na boa... e para eu ver também... vou adorar ver-te a chorar a levar porrada
(23:38) Casal Cátia 36 Miguel 38: adoras ? vou chorar muito para ti meu senhor
não me vou reprimir

(Continua no próximo post)

2 comentários:

Anónimo disse...

Deves-te passar completamente com este casal! É uma espiral de loucura, dá para sentir isso... "É bater quantas vezes me apetecer e com a força que me apetecer".

Eu fico zonza com a "violência", mas sei que neste caso (e noutros) o prazer disso mesmo é extremo, até dá para desmaiar... mas não é mesmo a "minha praia", confesso, fico sempre com a sensação que há problemas por resolver, psicanálise por fazer.

Digo isto, mas com todo o respeito pelo casal em questão e por todas as pessoas que tiram prazer disso, não me julguem mal. Eu é que realmente não consigo sentir isto desta forma.

xarmus disse...

O que eu gosto mesmo é de dar prazer... e quando as parceiras gostam de ser abusadas ou castigadas, isso também me dá prazer.

Há muitas razões, tanto físicas como psicológicas para se ter prazer com os castigos, com o prazer de servir e dar prazer a um dono, ou mesmo com a dor.

Estas razões são diferentes de pessoa para pessoa, e ainda pode ser uma junção de várias destas razões.

Eu não discrimino quem tem prazer com a entrega ou com a dor, como também não discrimino que não tem prazer com a dor. Cada um de nós tem o direito de viver a sua sexualidade como lhe dá mais prazer, e ninguém tem o direito de discriminar, já que é uma opção livre de cada um de nós.

Também não penso que quem tem prazer com a entrega ou com a dor, tenha problemas para resolver ou precise de psicanálise. Aliás, problemas para resolver e a precisar de psicanálise estamos muitos de nós, quer tenhamos prazer com a dor ou não.

Teria muito que dizer em relação a este tema, já que também tenho muita experiência na matéria, mas prometo fazer uma reflexão acerca do tema, porque acho que tenho muito que partilhar.

Obrigado por teres levantado esta questão, e pela tua participação.