Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


20.8.13

Foto 728


4 comentários:

Anónimo disse...

Oi Xarmus tudo bem? Andei afastada um pouco do blog no intuito de conhecer outros blogs como o seu, e eis que encontro um que e muito surreal, vc deve ser muito copiado no mundo da blogosfera, suas historias são verídicas e muito bem contatadas as que eu vi eram relatos fantasiosos de uma pessoa que se considerava o "rei do sexo". Quando leio um post seu, acabo despertando a minha libido, no que li lá achei graça. Imagina a cena você esta no maior tesão transando com a sua prima e de repente e flagrado por sua tia e outra prima sua, o que você faria? Eu ficaria constrangida e com certeza levaria uma bronca dela, mas com o dono dessa historia não, ele é tão "gostoso", seu pinto é tão "gingante" (palavras dele não minhas) que a sua tia não resiste e acaba abocanhado seu pau e fazendo sexo oral nele e a orgia começa. E não acaba por ai, a outra prima dele, entra no quarto e a tia pergunta "não quer se juntar a nós?", ela tira a roupa e ele se farta de tanto sexo grupal. Moral da historia eu me rachei de rir, ao imaginar a cena me veio na mente uma tia que eu tenho que e imensa, usa dentadura e tem cabelos brancos, bem sensual não? rs. Agora me diz de que adianta se vangloriar de fatos que são irreais? Você compartilha suas histórias como forma de nos passar suas vivencias e aprendizados, agora existem outros que acabam manchando a imagem de blogs sérios como o seu...Desculpe o testamento, uma ultima pergunta você transaria como alguma parente sua bem próxima?

Abraços.... Sempre a sua disposição
FS....

xarmus disse...

Olá FS

Tal como tu, também prefiro blogs que contem histórias verídicas, e de facto há muito poucos. Depois há outros em que nem sequer dizem se são verídicas ou não, o que ainda é pior... hehehehehe.

Mas também temos que perceber que nem toda a gente tem a vivência e e experiência que eu tenho em relacionamentos na net, e por isso não tenham histórias verídicas para contar.

Eu exponho a minha experiência neste tipo de encontros, exactamente porque tenho uma quantidade de vivências muito acima da média, e como gosto de sentir que consigo ajudar a mudar mentalidades e ajudar a que todos entendamos esta realidade, para além das histórias também publico algumas conversas de msn e de skype.

Quanto à tua pergunta... eu prefiro sempre estar com desconhecidas do que com mulheres que conheço da "vida real". Gosto que não haja ligações nem interesses ocultos quando se trata de sexo.

É claro que neste momento já tenho muitas amigas que conheço bem, mas foram conhecimentos através da net.

Mas não tinha problemas em papar uma prima. Acho que depende muito do tipo de pessoas envolvidas.

Mister Charmoso disse...

Epa nem as primas te escapam
Es o maior eheheh

xarmus disse...

Eu disse que não tinha problemas em papar uma prima... só tenho uma e não a vejo há uns 30 anos... heheheh

Isto era só um "suponhemos"