Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


3.4.11

Mail 017

Olá,

Conheci ontem o teu blog e hoje não resisti a ir ler do principio... Já li quase metade do mesmo e cada post que passo mais me fascina a tua escrita e as tuas histórias.
Devo dizer que me fascina o conteúdo das mesmas, o modo como as descreves, o facto de te preocupares tanto com o prazer de quem está contigo mesmo não conhecendo... Não sendo antiquada, que não tenho idade para isso, fico um pouco confusa com o facto de haver tanta mulher disposta a este tipo de encontros com desconhecidos.
Questiono-me porquê? Adrenalina, perigo do desconhecido?? Não quero crer que seja só falta de sexo, embora seja talvez o primeiro motivo porque tanta gente frequenta sites e chats de "relacionamentos" e esteja disposta a arriscar um encontro ás cegas.
A ser verdade tudo o que aqui contas (e não tenho porque duvidar) invejo (num bom sentido) a tua sorte e mais a de quem esteve (ou está) contigo, pois para além da simples queca pareces ser um homem extremamente bem resolvido, confiante q.b., disposto a dar parte de ti naquele momento e além do mais um bom amigo com quem se poderá contar para além do sexo.
E quanto à idade, apesar de eu ser bastante mais nova, não me parece que seja em situação nenhuma empecilho para algo... o que conta é a atracção, o desejo e o sentirmo-nos bem com a outra pessoa...
Desculpa o atrevimento do mail ;) mas ler o teu blog fez-me sonhar um bocadinho (e confesso ficar com uma tesão desgraçada só de imaginar alguns encontros que descreves)... espero que continues a contar as tuas aventuras pois eu de certeza que continuarei a segui-las.
Hesitei bastante em enviar este mail pois, sabendo de antemão que escrevo para um predador (lol) isto poderá ser mal interpretado... mas não quis perder a oportunidade de te dar os parabêns por uma vida que tantos gostariam de ter e não têm coragem de assumir.

Um beijo enorme,
****

7 comentários:

xarmus disse...

Olá

Obrigado pela visita e pelo teu mail. Sabe bem sentirmo-nos apreciados, e saber que agradamos.

Eu acho que há muitas razões para as mulheres gostarem deste tipo de encontros. Tem muitas vantagens, e muito poucas desvantagens, embora muita gente ainda não tenha percebido a potencialidade da coisa. Mas se leres o meu post "R002 Anonimato" vais entender algumas delas. E devo dizer-te que o risco é mínimo, porque ninguém se vai encontrar com um desconhecido sem antes ter conversado através do msn. Acredita que é menos perigoso um encontro através da net, do que o tradicional engate numa discoteca em que a mulher sai com um verdadeiro desconhecido, com quem não conversou nem cinco minutos. Eu estou a escrever um texto acerca disso para o livro e devo publicá-lo aqui no blog.

O predador é um gajo porreiro, que não interpreta nada mal, e até pergunta às presas se querem ser caçadas pelo predador, e até se preocupa em saber como as presas gostam de ser comidas... hehehehehe

Fizeste bem em enviar o mail, eu adorei recebê-lo.

Beijo do tamanho do teu

No Name disse...

Boas,

Quero apenas deixar o meu comentário relativamente ao que a autora do e-mail descreve e concordar com a mesma.

Apesar de ser um homem, casado, por vezes passo por este blog para ler os post's e fico bastante agradado com o facto de haver mais homens a preocuparem-se com o que as mulher realmente gostam e querem, não apenas em querer "saltar-lhes em cima" só se preocupando com eles próprios...

Grande abraço e continua...

xarmus disse...

Olá No Name

Eu sou mesmo assim... e não o faço apenas por pensar nelas, ou por ter uma atitude Altruísta...eu gosto mesmo de dar prazer, dá-me muito prazer vê-las cheias de tusa, e está mais que provado que assim elas também nos dão mais prazer.

Acaba por ser uma atitude igualmente egoísta, mas que só é possível num homem que goste mesmo de sexo e de mulheres.

O problema é que alguns homens gostam de se vir, mas no fundo não gostam de mulheres. Eu não faço sacrifício a lamber uma mulher, eu lambo porque gosto mesmo.

Abraço

No Name disse...

Ola Xarmus,

Nisso sou como tu.... adoro dar prazer às mulheres... parece que ainda tenho mais prazer quando vejo que estão a ter prazer comigo... não sei explicar...

Eu também lambo porque adoro faze-lo... não so pelo prazer de as ver a ter prazer mas também porque gosto mesmo muito...

Abraço,

Mariluu disse...

Concordo quase na totalidade com o mail... You Go go go xarmus, dá aí prazer a tantas mulheres...

Espero que as mulheres que lêem e frequentam este blog também se preocupem em dar prazer ao homem, não ser unidireccional!

Beijos

xarmus disse...

Olá No Name

É isso tudo... abraço

xarmus disse...

Olá Mariluu

Eu não me queixo... as mulheres por mim, fazem tudo... dão tudo. Acredito que por quem não mereça, não seja assim.

Beijo