Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


1.10.11

D041 De volta aos sites

Olá a todos

Já não ia a um site de relacionamentos há precisamente um ano, mas como agora ando em renovação parcial da frota, e porque preciso de material para escrever, lá fui eu visitar os sites onde tenho perfil activo. Não estou a renovar a frota por enviar amigas para abate, mas porque elas têm sumido da minha convivência. Umas vão viver para fora do país, outras voltam para o seu país de origem, outras apaixonam-se e começam as cobranças e exigências, outras casam e querem dar um tempo (compreende-se que precisem pelo menos do tempo para a lua de mel), e outras desaparecem vá-se lá saber porquê. Por outro lado, a crise também me afecta a mim e a falta do trabalho que me obrigava a viajar pelo país e a consequente necessidade de conter despesas, está a impedir-me de visitar as amigas que tenho de norte a sul do país. Se houver por aí uma alma caridosa que queria patrocinar um Tour xarmus 2011/2012, a gerência agradece hehehehehe. Acho que também deveria haver empresas e associações interessadas em patrocinar (Durex, Control, sexshops ou a associação para o bem estar e felicidade das mulheres, ou mesmo a associação dos maridos ausentes).

Isto para vos dizer que tenho encetado conversa com anónimas das mais diversas nacionalidades, estados civis, credos, religiões e opções sexuais, com diversos interesses, comportamentos e níveis de inteligência. Há de tudo como devem imaginar, mas a generalidade é mesmo uma tristeza. A grande maioria das pessoas têm uma falta de inteligência racional e emocional que até assusta, e têm uma dificuldade enorme em comunicar e conviver com as outras pessoas. Para piorar a coisa, andam depressivas, revoltadas e com problemas muito graves para resolver.

Mas o que eu quero dizer com tudo isto, é que sou capaz de começar a publicar textos acerca do que vou vivenciando por lá. Não vou publicar os históricos das conversas, que são normalmente longos e maçadores, mas vou escrever acerca daquilo que possa de alguma forma ajudar a entender a dinâmica deste tipo de convivência anónima.

Abreijos

7 comentários:

Vadia disse...

Para quem dizia que engatar na net é como pescar num alguidar... lol
reflexos da crise! Até na net, a malta anda deprimida
Fico à espera das tuas considerações acerca dessas conversas. Talvez possamos até trocar memo's :)) é que eu também tenho tido umas conversas surreais. Live and learn :)

xarmus disse...

Olá Vadia... e continua a ser... pouco mudou... eu é que estive fora desses ambientes durante um ano. Mas de facto a malta anda mal e não é caso para menos... há situações mesmo trágicas. Mas eu voltei lá mais para arranjar material para escrever do que para engatar... embora nunca vire a cara a uma situação irrecusavel.

Mas prometo que vou escrevendo umas coisas em forma de reflexão... beijocas linda.

xarmus disse...

Olá Vadia... respondi à pressa quando vi o teu cometário e eu sei que tu entendes o que eu quis dizer com isso, mas como o blog é lido por mais pessoas penso que devo explicar porque digo isso.

Não é bem pescar na net, porque a net é muito mais que isso, mas pescar num site de encontros é como pescar num alguidar porque todas as pessoas que lá estão estão predispostas a conhecerm outras.

Beijo

The Hunter disse...

A crise torna as pessoas desesperadas em muitos sentidos. Inclusivé há muita gente a querer resolver dificuldades económicas conseguindo um/a parceiro/a estável para dividir despesas. Terás histórisa interessantes, sem dúvida! Espero que as publiques!

Beijo

xarmus disse...

Pior do que isso... há gajos a procurarem mulheres que vivam sozinhas para se "apaixonarem" perdidamente e ir viver à conta delas... com casa comida e roupa lavada. E enquanto as queridas vão trabalhar, passam o dia na net a engatar a próxima. Conheço vários casos assim, contados pelas vítimas. Quando as queridas fartas daquilo os despacham... já têm alinhavadas outras vítimas para voltar a fazer o mesmo.

The Hunter disse...

Não tenho a menor dúvida que existam! Comigo é o tipo de coisa que me causa urticária, não têm sorte nenhuma porque detesto penduras! Eu, lavar e cozinhar para um homem?? Já foi tempo, já...e era meu marido. Agora gosto dos homens prendados e independentes :-)) E com a sua própria casa!

xarmus disse...

... e fazes tu muito bem.